Revista Espírita - Jornal de estudos psicológicos - 1860

Allan Kardec

Voltar ao Menu
Meus bons amigos, sinto-me tão feliz por poder conversar um pouco convosco, que desejo dar-vos um conselho, não a vós que, particularmente, sois crentes, mas àqueles cuja fé ainda é vacilante, ou que não a têm e a repelem. É verdade que não posso aqui ver todos os meus confrades vivos, que não me acreditariam. Contudo eu lhes diria que, em vida, repeli teimosamente a verdade, posto a sentisse bem no íntimo. A maioria deles fazem como eu: por um falso amor próprio não querem concordar com o que por vezes experimentam. Estão errados, porque a indecisão faz sofrer na Terra, sobretudo no momento de deixá-la. Instruí-vos, pois! Sede de boafé! Em vida sereis mais felizes, assim como no mundo onde ora me encontro. Se realmente o quiserdes, virei algumas vezes conversar convosco.

CAUVIÈRE

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...