Revista Espírita - Jornal de estudos psicológicos - 1860

Allan Kardec

Voltar ao Menu
(Médium, Sra. Schmidt)
Só os Espíritos superiores podem comunicar-se indistintamente com todos os médiuns e manter em todas as situações a mesma linguagem. Mas eu não sou um Espírito superior, por isso às vezes sou um pouco material. Contudo, sou mais adiantado do que pensais.

Quando nos comunicamos por um médium, a emanação de sua natureza se reflete mais ou menos sobre nós. Por exemplo, se o médium é dessas naturezas em que predomina o coração; desses seres mais adiantados, capazes de sofrer por seus irmãos; enfim, dessas almas devotadas, grandes, que a infelicidade tornou fortes e que ficaram puras no meio da tormenta, então o reflexo faz bem, no sentido de nos corrigirmos espontaneamente e nossa linguagem se ressentir. Mas, no caso contrário, se nos comunicamos através de um médium de uma natureza menos elevada, servimo-nos meramente e simplesmente de sua faculdade como de um instrumento. É então que nos tornamos o que chamas de um pouco material. Dizemos coisas espirituais, se quiseres, mas pomos de lado o coração.

Pergunta: ─ Os médiuns instruídos, de espírito culto, são mais aptos a receber comunicações elevadas que os não instruídos?

Resposta: ─ Não; repito. Só a essência da alma se reflete sobre os Espíritos, mas os Espíritos superiores são os únicos invulneráveis.

ALFRED DE MUSSET

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...