O que é o Espiritismo?

Allan Kardec

Voltar ao Menu
99. Dois meios podem servir para fixar as ideias sobre as questões duvidosas: o primeiro, é submeter todas as comunicações ao exame severo da razão, do bom senso e da lógica; é uma recomendação que fazem todos os bons Espíritos; abstêm-se de fazê-la os maus, pois sabem não ter senão a perder com esse exame sério, pelo que evitam discussão e querem ser cridos sob palavra. O segundo critério da verdade está na concordância do ensino. Quando o mesmo princípio é ensinado em muitos pontos por diferentes Espíritos e médiuns estranhos uns aos outros e isentos de idênticas influências, pode-se concluir que ele está mais próximo da verdade do que aquele que emana de uma só fonte e é contradito pela maioria. (Ver O Livro dos Médiuns, cap. XXVII. Revista espírita, abril 1864, Autoridade da Doutrina espírita – Controle universal do ensino dos Espíritos. A moral do Evangelho segundo o Espiritismo, Introdução, § II).

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados