Revista Espírita - Jornal de estudos psicológicos - 1859

Allan Kardec

Voltar ao Menu
Doravante publicaremos regularmente o relato das sessões da Sociedade.
Contávamos fazê-lo a partir deste número, mas o excesso de matéria nos obriga a adiá-lo para a próxima edição.
Os sócios residentes fora de Paris e os membros correspondentes poderão, assim, acompanhar os trabalhos da Sociedade. Por hoje nos limitamos a dizer que apesar da intenção do Sr. Allan Kardec, expressa no seu discurso de encerramento, de renunciar à presidência, quando da renovação administrativa, foi ele reeleito por unanimidade, menos um voto e uma cédula em branco.
Julgou ele inconveniente persistir na recusa do cargo, diante de um testemunho tão lisonjeiro. Contudo, só o aceitou condicionalmente e sob a reserva expressa de demitir-se de suas funções no momento em que a Sociedade estiver em condições de oferecer a presidência a alguém cujo nome e posição social sejam de natureza a lhe oferecer maior relevo. Seu desejo era poder consagrar todo o seu tempo aos trabalhos e estudos que vem fazendo.

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...