Instruções práticas sobre as manifestações espíritas

Allan Kardec

Voltar ao Menu
SATÃ – do hebreu chaitan, adversário, inimigo de Deus. O chefe dos demônios. O vocábulo é sinônimo de diabo, com a diferença que este último, mais que o primeiro, é usado na linguagem familiar. Em segundo lugar, conforme a ideia a ele ligada, Satã é um ser único: o gênio do mal, o rival de Deus. Diabo é um termo mais genérico, aplicado a todos os demônios. Existe apenas um Satã, mas vários diabos. Conforme a doutrina espírita, Satã não é um ser distinto, porque Deus não tem rival que possa lutar com ele de poder para poder: é a personificação do mal e de todos os maus Espíritos. (Vide Diabo, Demônio).

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...