Instruções práticas sobre as manifestações espíritas

Allan Kardec

Voltar ao Menu
ALUCINAÇÃO – do lat. allucinare, errar. “Erro, ilusão da pessoa que julga ter percepções que realmente não tem". (Academia Francesa). – Os fenômenos espíritas provenientes da emancipação da alma provam que aquilo que é qualificado como alucinação frequentemente é uma percepção real, análoga a da dor vista do sonambulismo ou do êxtase, e provocada por um estado anormal, um efeito das faculdades da alma desprendida de seus laços corpóreos. Sem dúvida por vezes há uma verdadeira alucinação, conforme o sentido ligado ao vocábulo; mas a ignorância e a pouca atenção que, até agora, tem sido prestada a tais fenômenos fizeram que considerassem como ilusório aquilo que, muitas e muitas vezes, é uma visão real. Quando não se sabe como explicar um fato psicológico, acha-se mais simples qualificá-la de alucinação.

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...