Instruções práticas sobre as manifestações espíritas

Allan Kardec

Voltar ao Menu
ALMA – do lat. anima; do gr. anemos; sopro, respiração. Conforme uns, é o princípio da vida material; conforme outros, o princípio da inteligência sem individualidade após a morte. Segundo várias doutrinas religiosas é um ser imaterial, distinto, cujo corpo é apenas um envoltório que sobrevive ao corpo material e conserva sua individualidade após a morte.

Esta diversidade de acepções dadas a um mesmo vocábulo é uma perpétua fonte de controvérsias, que não teria lugar se cada idéia tivesse sua representação bem definida. Para evitar qualquer engano quanto ao sentido que emprestamos a êsse vocábulo, chamaremos:

alma espírita ou, simplesmente, alma, o ser imaterial, distinto e individual, unido ao corpo, que lhe serve de envoltório temporário; isto é, o Espírito, no estado de encarnação, e que pertence apenas à espécie humana;

principio vital, o princípio geral da vida material, comum a todos os seres orgânicos - homens, animais e plantas; e alma vital, o princípio vital individualizado num ser qualquer;

principio intelectual, o princípio geral da inteligência comum aos homens e aos animais; e alma intelectual este mesmo princípio individualizado.

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...