O céu e o inferno ou a justiça divina segundo o Espiritismo

Allan Kardec

Voltar ao Menu
6. - Outra razão que prende às coisas da terra mesmo aqueles que creem mais firmemente na vida futura, deve-se à impressão que conservam do ensino que lhes é dado sobre isso desde a infância. O quadro que a religião faz dela não é, é preciso convir, nem muito sedutor, nem muito consolador. De um lado, veem-se aí as contorções dos danados que expiam nas torturas e chamas sem fim seus erros de um momento; para quem os séculos sucedem aos séculos sem esperança de abrandamento nem de compaixão; e, o que é mais impiedoso ainda, para quem o arrependimento é sem eficácia. De outro, as almas lânguidas e débeis do purgatório aguardando, da boa vontade dos vivos que rezarão ou mandarão rezar por elas, sua libertação, e não dos seus esforços para progredir. Estas duas categorias compõem a imensa maioria da população do outro mundo. Acima, plana a categoria, muito restrita, dos eleitos, que gozam, durante a eternidade, de uma beatitude contemplativa. Essa eterna inutilidade, sem dúvida preferível ao nada, não deixa de ser de uma fastidiosa monotonia. Assim se veem nas pinturas que retratam os bem-aventurados, figuras angélicas, mas que respiram antes o tédio do que a verdadeira felicidade. Esse estado não satisfaz nem as aspirações, nem a ideia instintiva do progresso que parece a única compatível com a felicidade absoluta. É difícil conceber que o selvagem ignorante, de senso moral obtuso, unicamente por ter recebido o batismo esteja no mesmo nível que aquele que chegou ao mais alto grau da ciência e da moralidade prática após longos anos de trabalho. É ainda menos concebível que a criança morta na primeira infância, antes de ter a consciência de si mesma e de seus atos, goze dos mesmos privilégios unicamente pelo fato de uma cerimônia, na qual sua vontade não tem nenhuma participação. Estes pensamentos não deixam de agitar os mais fervorosos por menos que reflitam.

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...