O Livro dos Médiuns ou guia dos médiuns e dos evocadores

Allan Kardec

Voltar ao Menu
44. Sistema da alma coletiva. — Constitui uma variante do precedente.

Segundo este sistema, apenas a alma do médium se manifesta, porém, identificada com a de muitos outros vivos, presentes ou ausentes, e formando um todo coletivo, em que se acham reunidas as aptidões, a inteligência e os conhecimentos de cada um. Conquanto se intitule A Luz 1 , a brochura onde esta teoria vem exposta, muito obscuro se nos afigura o seu estilo.

Confessamos não ter logrado compreendê-la e dela falamos unicamente de memória. É, em suma, como tantas outras, uma opinião individual, que conta poucos prosélitos. Pelo nome de Emah Tirpsé, o autor designa o ser coletivo criado pela sua imaginação. Por epígrafe, tomou a seguinte sentença:Nada há oculto que não deva ser conhecido.Esta proposição é evidentemente falsa, porquanto uma imensidade há de coisas que o homem não pode e não tem que saber. Bem presunçoso seria aquele que pretendesse devassar todos os segredos de Deus.

________________
1 Comunhão. A luz do fenômeno do Espírito. Mesas falantes, sonâm- bulos, médiuns, milagres. Magnetismo espiritual: poder da prática da fé. Por Emah Tirpsé, uma alma coletiva que escreve por inter- médio de uma prancheta. Bruxelas, 1858, casa Devroye.

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...