Revista Espírita - Jornal de estudos psicológicos - 1858

Allan Kardec

Voltar ao Menu
  • 8. ─ Pode-se comparar a temperatura de Júpiter à de uma de nossas latitudes?
  • ─ Não. Ela é suave e temperada; é sempre igual, enquanto a vossa varia.
  • Lembrai-vos dos Campos Elíseos, cuja descrição já vos fizeram.
  • 9. ─ O quadro que os Antigos nos deram dos Campos Elíseos seria resultado do
  • conhecimento intuitivo que eles tinham de um mundo superior, tal como Júpiter, por
  • exemplo?
  • ─ Do conhecimento positivo. A evocação permanecia nas mãos dos sacerdotes.
  • 10 ─ A temperatura, como aqui, varia conforme a latitude?
  • ─ Não.
  • 11. ─ Segundo os nossos cálculos, o Sol deve aparecer aos habitantes de Júpiter
  • em tamanho muito pequeno e, consequentemente, dar muito pouca luz. Podes dizernos
  • se a intensidade da luz é ali igual à da Terra ou se é menos forte?
  • ─ Júpiter é cercado de uma espécie de luz espiritual, em relação com a essência
  • de seus habitantes. A luz grosseira de vosso Sol não foi feita para eles.
  • 12. ─ Há uma atmosfera?
  • ─ Sim.
  • 13. ─ A atmosfera de Júpiter é formada dos mesmos elementos que a atmosfera
  • terrestre?
  • ─ Não. Os homens não são os mesmos. Suas necessidades mudaram.
  • 14. ─ Lá existe água e mares?
  • ─ Sim.
  • 15. ─ A água é formada dos mesmos elementos que a nossa?
  • ─ Mais etérea.
  • 16. ─ Há vulcões?
  • ─ Não. Nosso globo não é atormentado como o vosso. Lá a Natureza não teve
  • suas grandes crises. É a morada dos bem-aventurados. Nele, a matéria quase não
  • existe.
  • 17. ─ As plantas têm analogia com as nossas?
  • ─ Sim, mas são mais belas.

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...