O Livro dos Espíritos

Allan Kardec

Voltar ao Menu
a) – Ela, no entanto, diminui a importância que alguns dão à genealogia, visto que qualquer pessoa pode ter tido por pai um Espírito que haja pertencido a outra raça, ou que haja vivido em condição muito diversa.

“É exato; mas essa importância assenta no orgulho. Os títulos, a categoria social, a riqueza, eis o que esses tais veneram nos seus antepassados. Um, que coraria de contar como ascendente honrado sapateiro, orgulhar-se-ia de descender de um gentil-homem devasso. Digam, porém, o que disserem, ou façam o que fizerem, não obstarão a que as coisas sejam como são, que não foi consultando-lhes a vaidade que Deus formulou as leis da Natureza.”

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...